Organizando seus estudos musicais

setembro 28, 2013


Recentemente participei da semana da música criada pela Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade na qual foram disponibilizadas oficinas de canto, percussão, construção de instrumentos e uma em especial que me chamou a atenção: estudos musicais. A oficina se baseava em um debate entre professores e alunos da Escola Livre de Música, onde estudo violino e falava sobre o que seria primordial para uma boa formação musical. Em suma, venho compartilhar aqui o que aprendi nessa mesa redonda de forma a aplicá-lo não só no estudo da música, como também na vida em geral.

Apreciação e escolha
Muitas vezes nos deliciamos em ouvir um certo instrumento sendo tocado e de cara achamos que queremos tocá-lo pelo resto de nossas vidas, até que aparece um ainda melhor que nos encanta e o anterior fica esquecido. Antes de pensar no que deseja aprender, busque, pesquise mais sobre o meio musical, suas formas de ser expresso e os instrumentos utilizados para depois decidir com qual ou quais você possui afinidade.

Inspiração
Inspire-se nos seus compositores favoritos de modo a tirar uma lição disso. Baseie-se neles inicialmente até chegar no ponto em que ele lhe fará criar sua própria forma de tocar sem mais precisar imitá-lo.

Dedicação e organização
Dedique-se pelo menos 15 minutos do seu dia para por em prática o que aprende nas aulas. Caso contrário pode ser que demore para sair do lugar. Caso possua uma rotina pesada, crie uma divisão do tempo para essa e outras tarefas que precise realizar.

Objetivos
Como também na vida real, no meio musical é necessário que metas sejam estabelecidas. Onde você quer chegar? Quão longe é? Quanto terá que se esforçar? Qual o prazo? E a partir daí batalhe atrás dos seus sonhos, você pode e vai longe.

Expansão
Busque sempre expandir seus horizontes. Por mais que esteja aprendendo um instrumento, como no meu caso, o violino, é sempre bom aprender nem que seja apenas o básico dos demais, afinal, conhecimento é sempre bem vindo.

Sonhe alto!


8 Comentários:

  1. Adorei o seu post. Tenho muita afinidade com o violão, mas quando ouvi o som do piano... aiaiai quero muitooo aprendera toca-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso te dizer uma coisa: o piano é incrível mesmo, mas tem que ter dedicaçã opara aprender a tocá-lo rs

      Excluir
  2. Foi uma semana muito legal .. adorei ter ido na Mesa Redonda. =D

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei tocar nenhum instrumento.Mas eu gosto de violão,teclado,guitarra,piano e saxofone.Eu fiz aula de canto durante 2 anos e tive que parar.O mais difícil pra mim era a aula de teoria que eu nunca passei para o 2° módulo só na aula de canto que eu passei para o 2° módulo e pretendo continuar.Meu sonho é ser cantora profissional.Beijos.

    http://soulplaymusicfc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana, poxa! Invista no seu sonho que você vai longe. E sobre a sua dificuldade na teoria: use a dificuldade como uma motivação para se lutar ainda mais pelo que você deseja. Se vc se esforçar 100% garanto que aprende rapidinho!

      Excluir
  4. Eu sempre quis tocar guitarra. Mas sempre falaram para que eu começasse com o violão. Contra minha vontade, comprei o violão para aprender a tocar e.... tá lá até hoje :( hahaha, acho que terei que me contentar em ouvir meus artistas favoritos mesmo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por diversas razões as pessoas indicam o violão primeiro, mas não precisa ficar assim, poxa! Garanto que se vc se dedicar pular rapidinho para a guitarra ;D

      Excluir

Diga-nos o que achou do post.